Atualidades‎ > ‎

VOYAGER I DEIXA O SISTEMA SOLAR

Pela primeira vez na história, um objeto humano cruzou as fronteiras do sistema solar e agora navega solitariamente pelo espaço interestelar. Lançada em 1977, a sonda Voyager I, da NASA, tinha como objetivo estudar os planetas mais distantes do Sol, como Saturno, Urano e Netuno.

A sonda está a mais de 18 bilhões de quilômetros de distância de nós (123 vezes a distância entre a Terra e o Sol), em uma região que já não sofre mais influência do Sol. Cientistas anunciaram essa semana que a sonda ultrapassou a denominada heliosfera, uma “bolha” de gás e campos magnéticos gerada pelo Sol e que envolve o sistema solar.

Nesse momento, as mensagens de rádio emitidas pela sonda demoram cerca de 16 horas para chegar até nós. Segundo os cientistas da NASA, 
a Voyager I caminha na direção da estrela AC +793888, mas somente se aproximará a dois anos-luz de distância, e demorará aproximadamente 40 mil anos.

A energia da sonda deve se esgotar por volta de 2030. A partir desse momento, ela passará a perambular pelo espaço interestelar. A Voyager (I e II) é reconhecida como a mais bem-sucedida missão de exploração do sistema solar já lançada, revelando muitas informações sobre Júpiter, Saturno, Urano e Netuno, dezenas de luas e sobre o sistema solar exterior.



Fonte: BBC 
(26/03/2013)