Atualidades‎ > ‎

Robô-urso faz cafuné para evitar roncos e falta de ar

(23/11/2011) Um travesseiro que se parece com urso de pelúcia e na verdade é um robô para ajudar o usuário a dormir melhor e sem roncar. Assim é o Jukusui-kun (sono profundo, em tradução livre), autômato apresentado pelo professor Kabe, da Universidade de Waseda, em Tóquio.

A equipe do laboratório da Faculdade de Ciências Humanas focou-se no problema da apneia do sono, síndrome que, simplificadamente, caracteriza-se pela dificuldade de respirar durante o sono. Como consequência, a maioria dos pacientes acaba roncando alta e pesadamente.


Robô tem microfone para identificar quando usuário está roncando, e faz carinho para que a pessoa vire de lado e consiga respirar melhor e sem fazer barulho

Para lidar com a questão, um dos componentes do robô mede o nível de oxigênio no sangue. A peça, com o mesmo design peludo do travesseiro, é usada na mão, e envia os sinais a um computador central. Para que fios não incomodem a pessoa durante o sono, o sistema tem como terceiro componente uma placa condutora, usada sob o lençol, que usa as propriedades condutivas do corpo humano.

Os dados captados pela "luva" se somam ao outros inputs recebidos do próprio travesseiro, como o barulho dos roncos, captado por um microfone. As informações em tempo real são, então, cruzadas com os dados de situação regular do usuário, para avaliar se ele está ou não tendo falta de ar.

Se constatada a apneia, o robô-urso ergue a mão e "faz carinho" no rosto do usuário. A intenção é fazer com que a pessoa vire-se para um dos lados, em vez de continuar de barriga para cima. Deitar sobre uma das laterais do corpo melhora a respiração e consequentemente diminui o volume e a quantidade de roncos.

O Jukusui-kun foi um dos inúmeros autômatos apresentados na 19ª Exibição Internacional de Tóquio, neste mês, com participação de 270 organizações. O tema de 2011 era "Tecnologia de robôs - Criando um futuro com robôs".

Voltar