Atualidades‎ > ‎

Google trabalha em óculos com HUD para o final do ano

Aqueles que constantemente tiram do bolso seus smartphones para descobrir qualquer informação terão uma nova opção em breve. É o que diz nesta quarta-feira o blog Bits, do New York Times, a respeito dos óculos Heads Up Display (HUD) - sistema similar aos utilizados por pilotos em voos, e que combinam tecnologia de informação, propriedades de refração e reflexão da luz e emissão de raios catódicos - que estão sendo projetados por nada mais, nada menos que o Google, e que seriam capazes de transmitir informações em tempo real para o usuário.

De acordo com vários funcionários do gigante das buscas familiarizados com o projeto, os óculos serão vendidos no final do ano por um custo próximo aos dos smartphones nos Estados Unidos, algo como US$ 250 ou US$ 600 (R$ 450 e R$ 1.000).

O óculos de acordo com as fontes seria baseado em Android e possuirá uma pequena tela, não se sabe se LCD, AMOLED ou outra tecnologia, que ficará a poucos centímetros dos olhos, conexão 3G ou 4G e ainda sensores de movimento, incluindo GPS. O Google se recusou a comentar o assunto.

O blog 9-5 Google, que já havia falando do projeto no final do ano, voltou com mais informações neste início de fevereiro. O protótipo de óculos seria semelhante a um modelo da Oakley, o Oakley Thumps, e teria uma câmera frontal para coletar informações e ajudar nas aplicações de realidade aumentada. O dispositivo também tiraria fotos e incluiria um flash.

O Heads Up Display (HUD), similar ao que exite em aeronaves, será apenas para um olho segundo o blog. O sistema de navegação do óculos funciona com o deslocamento da cabeça para os lados e para a frente e teria até hardware de armazenamento. Seu uso, dizem as fontes, não é para ser diário, mas pode se adaptar a ponto de parecer natural.

A equipe responsável pelo óculos é ligada ao Google X, um laboratório "secreto" do gigante das buscas, e já está discutindo as implicações de privacidade que a empresa deseja garantir para que as pessoas saibam se estão ou não sendo gravadas por alguém usando um par de óculos com câmera embutida.

Uma das principais pessoas envolvidas no projeto, segundo o NYT é Steve Lee, engenheiro do Google e criador do software de mapeamento Latitude. Seu envolvimento pode significar que a localização será fundamental na primeira versão. O outro líder do projeto seria Sergey Brin, cofundador do Google que atualmente passa a maior parte de seu tempo no Google X.

Fonte: http://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/noticias/2012/02/22/google-trabalha-em-oculos-com-hud-para-o-final-do-ano/

 Atualizada em 22/02 às 12h38

Voltar